Brasil
Publicada em 13/05/22 às 11:01h
Obra da rodovia “Entre Ribeiros” em Paracatu será iniciada; trechos entre Paracatu, Guarda-Mor e Coromandel passarão por obras de correção

Boa Nova FM

O governador Romeu Zema deu, nesta quinta-feira (12/5), a ordem de início das obras na LMG-680, rodovia localizada no município de Paracatu, na Região Noroeste, também conhecida como “Estrada de Entre Ribeiros”. O projeto integra o Provias, maior pacote de obras da última década, que foi lançado pelo Governo de Minas em abril de 2022.

A LMG-680 é a principal via de escoamento de toda a produção agropecuária da região. A realização das obras permitirá o melhoramento das condições de trafegabilidade de pessoas e transporte de produtos, minimizando ainda os riscos de acidentes.

“Essa obra é de fundamental importância porque está incluída em uma área que tem grande produção de milho, soja e feijão e esses produtos precisam ser transportados com agilidade e segurança. Estamos fazendo o possível para melhorar a infraestrutura da região porque só assim vamos conseguir o desenvolvimento. O Provias é um marco em Minas com a recuperação de 2.500 quilômetros da malha mineira. As rodovias de Minas, a partir deste ano, ao invés de estarem piorando como vinha acontecendo, passarão a melhorar. Teremos cada vez menos rodovias classificadas como ruins e passaremos a ter rodovias classificadas como adequadas, seguras e que não causam transtornos para quem usa”, afirmou Zema.

Ao todo, serão R$ 45 milhões investidos. Desse total, R$ 25 milhões são recursos do Estado provenientes do Termo de Reparação assinado com a Vale após o rompimento da barragem em Brumadinho. Outros R$ 20 milhões são fruto de convênio assinado entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Paracatu e a Associação dos Beneficiários da LMG-680.

“Há 40 anos esperamos ouvir a ordem de início para as obras desta rodovia. Estamos falando de uma região que gera para o Estado mais R$150 milhões por ano com arrecadação de  e que não conseguia produzir frutas, porque elas amassavam e perdiam o valor pra exportação. Temos certeza que com o asfaltamento da LMG-680 o desenvolvimento de Paracatu vai disparar”, declarou o prefeito de Paracatu, Igor Santos.

O projeto prevê a pavimentação de 68 quilômetros e também a finalização da construção da ponte sobre o Rio Paracatu, paralisada desde 2014. No próximo mês, a empresa vencedora da licitação começa a montagem do canteiro de obras e, em julho, as máquinas já estarão operando na pista. A previsão do convênio entre o Estado e a prefeitura é que os trabalhos sejam entregues até dezembro de 2023.

Provias

Além da Estrada de Entre Ribeiros, trechos em outras quatro rodovias na região passarão por melhorias, somando 186 quilômetros recuperados. Para isso, serão investidos R$ 57 milhões com recursos do Acordo da Vale.

As obras ocorrerão na MG-188, entre Paracatu e Guarda Mor e entre Guarda Mor e Coromandel, na LMG-740, no entroncamento da MG-410 e Lagoa Grande, e na MG410, entre Bela Vista e o entroncamento com a MG-354. Elas estão com ordem de início previstas para maio e junho deste ano.

Com mais de R$ 2 bilhões em investimentos, o Provias vai requalificar trechos da malha mineira com obras de pavimentação, construção de pontes e recuperação funcional das rodovias. 

O programa também trará reflexos econômicos positivos para o estado. A expectativa é que sejam gerados 8 mil empregos diretos e 24 mil indiretos com a execução das obras.

Atração de investimentos

Também em Paracatu, o governador Romeu Zema acompanhou a assinatura do acordo de cooperação internacional entre a empresa chinesa LongPing High-Tech e a Prefeitura de Paracatu para a construção do Parque Industrial de Ciência Agrícola China-Brasil. O local irá abrigar empresas de  tecnologia e promete ser um espaço diversificado, com inúmeras oportunidades de desenvolvimento para o município e o estado de Minas Gerais.

Além da transformação do município em um polo agroindustrial, o novo complexo prevê a geração de empregos e diversos negócios que irão movimentar a economia local. O acordo também possibilitará a entrada de novas empresas chinesas, que enxergam o Brasil como um bom lugar para se investir.

Crédito (fotos: Dirceu Aurélio / Imprensa MG)



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:



Seleção músical Playlist
    
    








Copyright (c) 2022 - Boa Nova FM - Todos os direitos reservados