Brasil
Publicada em 04/02/19 às 19:02h
VAZANTE:Laudo confirma morte de vazantina por dengue hemorrágica

Boa Nova FM


Um laudo assinado por um dos médicos do Hospital São Lucas de Patos de Minas para a funerária confirmou, que Maria Ivone Gonçalves, de 43 anos, morreu vítima de dengue hemorrágica. Ela faleceu na madrugada deste sábado (2).

Maria Ivone se encontrava em Uberlândia desde o dia 18 de janeiro, onde foi comemorar com os familiares o aniversário de 80 anos de seu pai, Volmar Jerônimo Inácio. Ela começou a passar mal durante sua estadia em Uberlândia, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos.

Ela voltou para Vazante na última quinta-feira (31) quando foi atendida no Hospital Municipal, medicada e liberada, mas seu estado de saúde se agravou e ela retornou à unidade hospitalar nesta sexta-feira (1º), sendo imediatamente encaminhada para Patos de Minas.

Antes de receber o encaminhamento, por volta das 18h30, a paciente foi submetida a um teste de sorologia para diagnóstico de dengue. O resultado do teste, feito através de exame de sangue, deu negativo e a família estava aguardando o laudo médico que vai confirmar a verdadeira causa da morte.

O laudo assinado pelo médico Ciro Rodrigues Paes confirmou o óbito por dengue hemorrágica.

Familiares acreditam que Maria Ivone pode ter contraído a doença em Uberlândia, já que os sintomas da doença somente se manifestam num período de 10 a 15 dias após a picada do mosquito Aedes Aegypti. Sua cunhada, que esteve em Uberlândia no mesmo período, também está internada com dengue no Balneário Camboriú, onde foi passear com a família. Mas o caso dela não é grave.


Fonte: Rádio Montanheza/VZ1




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
No Ar
BOA NOVA FM com Musical
    
    





Copyright (c) 2019 - Boa Nova FM - Todos os direitos reservados